Quinta-feira, agosto 11, 2022

Veja empregos que mais criaram e que mais perderam vagas com carteira assinada em 2019

Empregos relacionados a atividades operacionais, de início de carreira e com salários médios mais baixos foram os que mais abriram novas vagas de trabalho com carteira assinada no país nos primeiros 11 meses do ano passado. Já ocupações ligadas a cargos de hierarquia intermediária, como supervisores e gerentes, foram as que mais perderam postos de trabalho formais.

Os dados são do ranking das atividades que mais criaram e que mais perderam vagas com carteira assinada de janeiro a novembro 2019, elaborado a pedido pelo Ministério da Economia, a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

A lista considera o saldo de admissões e demissões em um agrupamento de 596 ocupações, entre janeiro e novembro do ano passado.

No topo do ranking de criação de empregos formais está a categoria “Alimentadores de linhas de produção”, com 114.112 novas vagas. A função reúne trabalhadores da produção de bens e serviços industriais, que abastecem linhas de produção, alimentam máquinas e organizam a área de serviço.

Na sequência, estão os “escriturários em geral, agentes, assistentes e auxiliares administrativos (109.640 vagas) e os “vendedores e demonstradores em lojas ou mercados” (107.579).

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES