Quarta-feira, agosto 10, 2022

Responsáveis por deslizamento de barreira que matou sete podem responder por homicídio culposo, diz delegada

Inquérito apura se houve negligência na tragédia em Dois Unidos, no Recife, na véspera de natal. Homicídio culposo ocorre quando não há intenção de matar.

A investigação policial sobre o deslizamento de barreira que deixou sete mortos e três feridos em Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, apura se houve negligência no caso, já que a tragédia ocorreu em um período não chuvoso. Caso essa hipótese seja comprovada, os responsáveis podem ser indiciados por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, segundo a delegada Lídia Barci, que investiga o caso.

O desastre aconteceu na terça-feira (24), véspera de natal. A técnica em enfermagem Sthefanie França, que perdeu o irmão, o sobrinho e a cunhada, contou que os vizinhos avisaram que tinha um vazamento  na barreira. Moradores também relataram que canos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) encharcaram a encosta, hipótese que o governo não destaca.

Nesta quinta-feira (26), a delegada falou sobre as linhas de investigação. “No caso aqui é homicídio culposo, tendo em vista que ninguém tem a intenção de matar. A gente está trabalhando com três causas do homicídio culposo, que é a negligência, imprudência e imperícia. No caso aqui, estamos na negligência. Teria que ter alguma manutenção? Teria que ter alguma coisa para que essa situação não ocorresse? Tem alguma falha? É aí que a gente vai entrar”, afirmou a delegada.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES