Quinta-feira, agosto 11, 2022

Produção industrial tem 3ª alta seguida e cresce 0,8% em outubro

Recuperação da indústria ganha fôlego, mas setor ainda acumula queda de 1,1% no ano.

A produção industrial brasileira cresceu 0,8% em outubro, na comparação com setembro, puxada principalmente pelos produtos alimentícios e farmacêuticos, segundo divulgou nesta quarta-feira (4) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Trata-se da terceira alta mensal seguida e do melhor resultado para outubro desde 2015, quando houve avanço de 1,5%.

Na comparação com outubro do ano passado, a indústria avançou 1%, resultado um pouco mais fraco que o de setembro (1,1%), quando interrompeu 3 meses consecutivos no vermelho na comparação interanual.

Evolução da produção industrial
Comparação com o mês imediatamente anterior, em %
0,20,2000,30,3-0,6-0,60,70,7-1,4-1,40,30,300-0,6-0,6-0,2-0,21,31,30,30,30,80,8out/18nov/18dez/18jan/19fev/19mar/19abr/19mai/19jun/19jul/19ago/19set/19out/19-2-1,5-1-0,500,511,5

mar/19
-1,4
Fonte: IBGE

“Esse movimento de três meses seguidos de alta não era visto desde os últimos quatro meses de 2017, o que dá um pouco o tom de aumento no ritmo de produção, de uma mudança do comportamento industrial”, afirmou o gerente da pesquisa, André Macedo.

Entre os fatores que tem contribuído para uma reação da indústria está uma melhora da demanda doméstica em meio a um cenário de queda da taxa básica de juros (Selic), a inflação baixa, expansão do crédito, liberação de saques do FGTS e recuperação do mercado de trabalho, ainda que lenta e puxada pela informalidade, que tem feito aumentar a massa salarial e o número de brasileiros ocupados e com alguma renda

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES