Segunda-feira, agosto 15, 2022

Nazaré Amâncio e Dircineu Bolina disputam a Prefeitura de Pugmil na eleição suplementar de 2 de fevereiro

As convenções do quinto pleito suplementar no Tocantins oriundo das eleições municipais de 2016 encerraram neste domingo, 5, e o presidente da Câmara e prefeito interino de Pugmil, Nazaré Amâncio (Cidadania), é um dos candidatos, tendo como vice Antônio Galvão Neto (PTB). Outro nome já revelado para a disputa é o do vereador Dircineu Bolina (PTB), que se candidata ao lado do também parlamentar Ângelo Alves (MDB). A eleição acontece no dia 2 de janeiro e será a quinta vez que um município terá que votar extraordinariamente no Estado. Já passaram pela experiência: Sandolândia, Itacajá, Lajeado e Taguatinga.

Entenda

Eleitos para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Pugmil nas eleições de 2016, Maria de Jesus (PPS) e Elton Barros (PTB) tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral por captação e gastos ilícitos e abuso de poder econômico. Após uma série de recursos, o caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro Ricardo Lewandowski determinou o aguardo de posicionamento da Corte Superior Eleitoral (TSE) para a realização do pleito. Entretanto, o ministro cassou a própria liminar no dia 7 de dezembro após receber a informação de que o Plenário do TSE negou recurso dos cassados, não havendo mais impedimento para realização de novo pleito.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES