Domingo, agosto 14, 2022

Liverpool vence mais uma, alcança marca e fecha o ano com folga na liderança

Sem grande atuação, Reds chegam a 50 jogos sem perder em casa na Premier League ao bater o Wolverhampton com gol de Mané, mantendo folga de 13 pontos na ponta da tabela do Campeonato Inglês.

Resumão

O brilho da goleada sobre o Leicester, no meio da semana, passou longe do Anfield, mas foi o Liverpool fez o suficiente para fechar um ano mágico com vitória. Sem grande atuação, os Reds venceram mais uma vez: a vítima neste domingo foi o Wolverhampton, que caiu por 1 a 0 diante do líder do Campeonato Inglês. Mané fez o único gol no primeiro tempo.

 

  • FOLGA MANTIDA

    O triunfo em casa neste domingo garante ao Liverpool a manutenção da folga de 13 pontos na liderança do Campeonato Inglês, alcançada com a vitória sobre o vice-líder Leicester. Com 19 partidas realizadas, os Reds têm 55 pontos, enquanto os Foxes têm 42. O Wolverhampton fica na oitava colocação, com 30 pontos.

    MARCA IMPRESSIONANTE

    O triunfo no Anfield faz com que o Liverpool alcance uma impressionante marca de 50 jogos sem perder pela Premier League dentro de casa. Se for contado o desempenho geral, o time está invicto há quase um ano, desde o dia 3 de janeiro de 2019, num total de 36 partidas sem derrota. Nesta temporada, nenhum revés: são 18 vitórias e um empate em 20 jogos. Os Reds seguem fazendo história.

    DEU PARA O GASTO

    Depois de garantir o título mundial em Doha e impressionar com uma boa atuação contra o Leicester, o Liverpool voltou a mostrar sua face mais burocrática neste domingo. Diante do desgaste da semana do Boxing Day, a equipe de Jürgen Klopp não teve uma atuação brilhante, mas fez o suficiente para vencer um adversário que fez jogo duro e chegou perto do empate no segundo tempo.

    VAR POLÊMICO

    Os jogadores do Wolverhampton e o técnico Nuno Espírito Santo reclamaram bastante da arbitragem de Anthony Taylor, principalmente do uso do assistente de vídeo. Os visitantes se revoltaram quando o VAR confirmou o gol de Mané, que recebeu de Lallana após um toque de ombro. Porém, a reclamação é que o árbitro já havia apitado alegando toque no braço do meia quando o atacante recebeu a bola – e aí a decisão não poderia ser modificada. Para completar, logo depois, Pedro Neto teve um gol anulado por uma posição de impedimento flagrada por milímetros.

    NO CLIMA DO MUNDIAL

    O Liverpool utilizou pela primeira vez neste domingo o emblema de campeão do mundo, após a conquista em Doha diante do Flamengo. A Premier League proíbe o uso do brasão por suas restrições quanto a patrocinadores e símbolos na camisa, mas autorizou que os Reds utilizassem o escudo cedido pela Fifa no jogo contra o Wolves. E os fãs também entraram no clima, exibindo faixas em homenagem à conquista inédita.

     

  • QUE VENHA 2020!

    Após um ano histórico, no qual voltou a conquistar a Liga dos Campeões, venceu pela primeira vez o Mundial de Clubes e abriu uma grande distância na briga pelo título inglês, o Liverpool se prepara para manter o ritmo após a virada do ano. O primeiro jogo no ano novo será no dia 2 de janeiro, contra o Sheffield, também no Anfield. Que venha 2020

     

 

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES