O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) celebrou 32 anos de criação nessa quarta-feira, 21 de abril. E neste momento atípico, quando o mundo inteiro sofre as consequências sociais e econômicas provocadas pela pandemia do novo Coronavírus, mais que assistência técnica e extensão rural, sua missão, o órgão leva solidariedade e esperança a milhares de famílias rurais que, de uma hora para outra, tiveram suas rendas afetadas.

Encarregado pelo Governo do Tocantins, em apoio à Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), o Ruraltins montou uma força-tarefa para distribuir cestas básicas aos agricultores e comunidades quilombolas em todas as regiões do estado. A ação já atendeu 38.000 famílias.

Outra grande ação de inclusão social e produtiva, que impacta positivamente o meio rural e a população urbana é a execução, de norte a sul do Estado, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Compra Direta Local com Doação Simultânea. A iniciativa oferece ao agricultor um meio de vender seus produtos diretamente ao órgão, sem a figura do atravessador, garantindo renda extra e mais dinheiro no bolso do produtor.

No último ano, 544 agricultores familiares de 76 municípios tocantinenses venderam seus produtos ao PAA. Em todas as regiões do Estado, 267 entidades socioassistenciais, cadastradas no PAA, foram beneficiadas com as doações de mais de 446 toneladas de alimentos, adquiridos pelo Ruraltins, injetando na economia local recursos na ordem de R$ 2,4 milhões, captados do Ministério da Cidadania. As ações do PAA não param. No próximo mês de junho, uma nova etapa se inicia com recursos assegurados no valor de R$3,5 milhões para a aquisição dos produtos.

Fonte: Portal Tocantins

Foto: Governo do Tocantins