Gás de cozinha puxa a inflação de setembro em Brasília Cruzeiro, Brasília, DF, Brasil 13/10/2015 Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília Com variação de 19,23% no valor do botijão, o gás de cozinha contribuiu diretamente para o aumento da inflação no Distrito Federal em setembro.

A Petrobras informou nesta segunda-feira (1º) reajuste no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Esse será o terceiro aumento do ano. De acordo com a estatal, a alta será de R$ 0,15 por quilo, o equivalente a um impacto de R$ 1,90 no gás de cozinha (13 Kg), que passará a custar R$ 39,69 nas refinarias.

Nesta segunda a estatal também anunciou o aumento no preço dos combustíveis. A partir de terça (2) a gasolina sofrerá alta de 4,7% nas refinarias, ou R$ 0,1240, enquanto o diesel deve subir 5%, a R$ 0,1294. O anúncio do reajuste pela Petrobras ocorre no dia em que o presidente Jair Bolsonaro prometeu zerar o tributo do diesel, o que, até o momento, não ocorreu.