Foto: SSP/Divulgação

Durante o cumprimento dos mandados da operação Feynman, na manhã desta quarta-feira (16), a Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) apreenderam um carro blindado que era usado por um traficante em Palmas. A casa do suspeito tinha até um sistema de segurança que dificultou a entrada da polícia.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), todos os 14 mandados de prisão e as 10 ordens de busca e apreensão foram cumpridos. Foram 12 prisões no Tocantins e outras duas em Limeira (SP) e Salto Grande (SP).

Durante o cumprimento dos mandados de busca os investigadores apreenderam um cofre, uma lancha, uma caminhonete e grande quantidade de dinheiro, além de um fuzil de uso policial e muitas munições. Também foi encontrado 1kg de cocaína e a mesma quantidade de crack e maconha.

Entenda

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a operação Feynman decorre de investigações realizadas em setembro deste ano pela 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª Denarc de Palmas) durante a operação Nexum Carcerem.

Naquela ocasião foram apreendidos mais de R$ 100 mil em drogas remetidas do estado de São Paulo para o Tocantins, além da prisão de dois suspeitos e a apreensão de um adolescente. Também tinham sido encontrados mais de 45 kg de maconha, assim como cocaína e crack.

O nome da operação se refere a um conceito da mecânica quântica, a Formulação de Feynman, de que podem existir uma infinidade de trajetórias para se alcançar determinado destino.

Fonte: G1

Foto: SSP/Divulgação