O seminário ‘Das políticas públicas à sala de aula: currículo e avaliação no contexto da pandemia’ será aberto nesta quarta-feira, 26, às 9h, pela secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, e contará com cinco palestras, em que serão abordados  temas ligados às políticas e processos avaliativos que impactam a aprendizagem no ensino remoto durante a pandemia do Covid-19.

O evento será transmitido via TV Seduc Tocantins – página oficial da Seduc no YouTube. A abertura do seminário também marcará o início da consulta pública do Documento Curricular do Tocantins (DCT) – etapa Ensino Médio, e o lançamento da formação sobre o DCT – etapa Ensino Médio, na plataforma Avamec, ambiente virtual colaborativo de aprendizagem.

A primeira palestra: ‘A avaliação da aprendizagem como indutora de políticas públicas nos sistemas de ensino’ ocorrerá às 10h e será ministrada pela professora da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Kátia Cristina, que é doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Ela apresentará a conceituação de avaliação da aprendizagem, processuais e de larga escala, no âmbito das unidades escolares e dos sistemas de ensino, relacionando a importância e o impacto destas avaliações na promoção de políticas públicas. A palestra será mediada pela superintendente de Educação Básica da Seduc, Amanda Pereira.

Ainda na quarta-feira, às 14h, ocorrerá a palestra ‘Avaliação de larga escala (Enem e Saeb): perspectivas e desafios durante e após pandemia’, que será ministrada pela doutora em Ciências – Educação, Pedagogia Educação, Pedagoga, Professora e Pesquisadora em Psicologia da Educação, Psicologia do Desenvolvimento, Social e do Trabalho, especialista em Currículo e Avaliação, com experiência em Gestão Educacional na Educação Básica e Superior. Fundadora da Faculdade de Educação da Unicamp, Maria Inês Fini.

Essa segunda palestra tratará de duas avaliações de larga escala, Enem e Saeb, que tem como objetivo avaliar a aprendizagem dos estudantes e, consequentemente, aferir a qualidade da educação básica em âmbito nacional, estadual e municipal. As duas avaliações, que são organizadas pelo governo federal, deverão ser aplicadas no ano de 2021, no entanto, o desempenho dos estudantes poderá ser comprometido devido à pandemia do Covid-19. Assim sendo, faz-se necessário analisar os impactos e as perspectivas dessas avaliações no âmbito dos sistemas de ensino. Essa palestra será mediada pelo secretário Executivo da Seduc, Robson Vila Nova.

 

Quinta-feira, 27

A programação de quinta-feira, 27, iniciará às 10h, com a palestra ‘BNCC e a avaliação da aprendizagem’, que será ministrada pelo doutorando em Educação na Amazônia pela UFPA/UFT e professor da Educação Básica da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes do Tocantins, Marcos Irondes, que abordará a relação entre currículo e avaliação da aprendizagem. Considerando que, durante o período de pandemia, os professores terão como base para o planejamento das aulas no ensino presencial, híbrido ou remoto, o Documento Curricular do Estado do Tocantins que está alinhado à BNCC, bem como precisarão adaptar os modelos de avaliação. A mediação será por conta da diretora de Desenvolvimento da Educação, da Seduc, Larissa Ribeiro.

Às 14h, de quinta-feira, será aberta a palestra ‘Indicadores educacionais como instrumento de avaliação e adequação do planejamento escolar’, ministrada pelo doutor em Estatística pela University of Wisconsin – Madison, e pós-doutor em Educação pela University of Michigan e professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais, José Francisco Soares. A palestra se propõe a ajudar os gestores, coordenadores pedagógicos e professores a compreenderem os impactos que os indicadores, obtidos por meio de avaliações da aprendizagem realizadas, têm no dia a dia da escola e como eles podem ser utilizados para a melhoria da aprendizagem dos estudantes. A palestra será mediada pelo gerente de Currículo e Avaliação da Aprendizagem, da Seduc, Jhonata Moreira.

A quinta e última palestra, que ocorrerá às 15h30, trará o tema ‘Habilidades socioemocionais e o retorno às aulas’ e será ministrada pela especialista em Gestão Escolar pelas Faculdades Integradas Urubupungá. Especialista em Gestão Educacional pela Universidade de Campinas (Unicamp). Diretora da rede estadual de ensino de São Paulo, além de consultora educacional, Marialba Carneiro, e pelo professor no Curso de Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Ensino em Ciências e Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Doutor em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), com estágio doutoral na Division of Health Research – Lancaster University (Reino Unido), Ladislau Ribeiro. A palestra será mediada por Judite Elizabeth, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Público-alvo

Participarão do seminário gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores das redes estadual, particulares e municipais de educação, equipe técnica da Seduc e das Diretorias Regionais de Educação. As inscrições podem ser realizadas por meio do link https://forms.gle/7xQskbbzgQNTrvpGA, no período de 17 a 25 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui