A histórias dos “machões” de plantão é sempre a mesma, são monstros e se agigantam quando espancam e agridem suas companheiras, mas quando se veem na frente da autoridade policial, viram gatinhos. Em Itaguatins nesta sexta, 31, mais um desses casos foi registrados.

Um homem de 28 anos, que não teve seu nome revelado, vinha praticando violência doméstica contra sua ex-esposa. De acordo com o delegado Inaci Antônio Bandeira Júnior, titular da 17ª DP e responsável pelo caso, a vítima estava separada do marido, há algum tempo devido às constantes agressões físicas e ameaças que vinha sofrendo.

Desse modo, logo após tomar conhecimento dos fatos, os policiais civis da 17ª DP de Itaguatins iniciaram às investigações e confirmaram a veracidade dos fatos, sendo que, por meio de levantamentos, foi possível constatar que vítima, inclusive, já havia solicitado à Justiça medidas protetivas de urgência, que foram deferidas. No entanto, mesmo tendo ciência da ordem judicial que o impedia de se aproximar da ex-companheira, o indivíduo preso, nesta sexta-feira, não se intimidou e continuou a proferir ameaças, xingamentos, chegando ao ponto de ir até a casas da vítima nesta quinta-feira, dia 30, e espancá-la violentamente.

Diante dos fatos, a mulher procurou novamente a Polícia Civil. De posse das novas informações, o delegado Inaci representou junto ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do agressor, a qual foi deferida e cumprida na tarde desta sexta-feira, quando ele foi capturado por policiais civis da 17ª DPC, coordenados pessoalmente pela autoridade policial.

Após os procedimentos legais cabíveis, o suspeito foi encarcerado na Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui