Homicídio aconteceu no assentamento Vitória Régia, no município de Aragominas. Suspeito do assassinado disse à PM que estava hospedado em uma casa, quando ouviu gritos de uma mulher que estava sendo agredida.

Um homem foi assassinado com golpes de facão no assentamento Vitória Régia em Aragominas, norte do estado, nesta sexta-feira (12). A PM conseguiu prender dois suspeitos do crime, de 19 e 24 anos. Um deles contou que estava hospedado em uma casa, quando ouviu os gritos de uma mulher. À PM, ele confessou que matou o marido dela para evitar a agressão.

A polícia soube do assassinato, mas por causa da distância só conseguiu chegar ao local horas depois. No assentamento, soube que o corpo do homem estava sendo transportado para a cidade de Xambioá, em uma embarcação, pelo rio Tocantins.

Por causa disso, acionou as equipes de Araguanã e Xambioá e os militares dessas cidades deslocarem em embarcações também pelo mesmo rio. Horas depois, os policiais encontraram o barco onde estavam o cadáver e os parentes. Todos foram levados para a delegacia de Araguaína e o corpo, encaminhado ao IML da mesma cidade.

Já os suspeitos conseguiram fugir após o crime, mas foram capturados pela polícia de Araguanã. Um deles relatou que estava dormindo, quando teria escutado gritos da mulher e se sentiu obrigado a intervir. No momento, pegou um facão e deu vários golpes contra o dono da casa. A vítima do homicídio ainda tentou correr, mas caiu a cerca de 80 metros do local e morreu.

O segundo suspeito, no momento da prisão, estava com uma arma de fogo tipo pistola garrucha. Ele negou participação no assassinato e disse que apenas ajudou na fuga do autor do crime. Os dois também foram levados para a delegacia de Araguaína.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui