Ele estaria usando um aplicativo de mensagens para enviar imagens. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa do investigado.

Um homem é investigado pela Polícia Federal em Araguaína, no norte do estado, por suspeita de envolvimento com pornografia infantil. Na manhã desta terça-feira (26), policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa dele.

Segundo a polícia, o homem é suspeito compartilhar conteúdo pornográfico de crianças e adolescentes. Ele estaria enviando os materiais através de um aplicativo de mensagens.

A prática é crime. Se condenado, o investigado pode cumprir pena de até seis anos de prisão, além de multa.

A ação da PF aconteceu no mês em que se completa 20 anos da Lei que institui o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.