Segundo a SES, a vítima é um homem que esteve recentemente em São Paulo. Com a confirmação, sobe para três o número de casos de sarampo registrados no estado.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou nesta terça-feira (3) o terceiro caso de sarampo no Maranhão. De acordo com a SES, a vítima é um homem de 33 anos que chegou em São Luís após uma viagem a São Paulo. Com isso, sobe para três o número de casos de sarampo registrados estado.

O paciente foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Cidade Operária no último domingo (1º). Após a confirmação da doença, a SES explicou que foi realizada a imunização das pessoas que tiveram contato com a vítima. O homem foi liberado pelos médicos e se encontra em casa realizando tratamento doméstico.

Os outros dois casos da doença foram registrados em uma mulher de 48 anos no município de Vitorino Freire, localizado a 300 km de São Luís e em uma menina de oito meses de idade, que reside na cidade de Lago da Pedra, na região oeste do Maranhão. A SES afirma que em todos os três casos, as pessoas não eram vacinadas contra a doença.

A SES informou que até o momento, o Maranhão alcançou a cobertura vacinal de 68,52% em relação à primeira dose da vacina tríplice viral, que combate o sarampo, caxumba e rubéola. A segunda dose, que é aplicada aos 12 meses, possui um percentual de cobertura de 52,19%. A meta da secretaria é atingir 95% do público-alvo.

As vacinas estão disponíveis em todos os municípios maranhenses que possuem Unidades Básicas de Saúde (SES) e o calendário de vacinação segue orientação do Ministério da Saúde. As doses podem ser aplicadas em crianças a partir de seis meses a adultos de 49 anos de idade.

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar  — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1


Fonte : O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui