Quinta-feira, agosto 11, 2022

Em áudio, Queiroz diz: “MP tem um cometa para enterrar na gente”

Após o vazamento de áudio em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), negocia cargos no Congresso em troca dinheiro, outra mensagem de voz veio à tona. Agora, Queiroz diz que o inquérito do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) contra eles pode gerar um problema “do tamanho de um cometa”. A informação é da Folha de S.Paulo.

“É o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí. Ver e tal… É só porrada. O MP [Ministério Público] tá com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir”, afirma o ex-assessor. O áudio teria sido gravado em julho deste ano.

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é investigado pelo Ministério Público por suposta prática da rachadinha no gabinete da Alerj

Áudio divulgado nessa quinta-feira revela que ex-assessor de Flávio, mesmo longe dos holofotes, mantém apetite por cargos públicos

O presidente disse ainda que, apesar do ex-assessor ser seu amigo desde 1985, ele nada tem a ver com o caso

Queiroz afirma estar abandonado e vê seu grupo político temeroso, quando poderia estar exercendo força política. A distância, ele aponta falhas na condução do governo e considera que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deveria usar a estrutura policial contra aqueles que lhe causam dificuldades. Até agora, não foi possível determinar a quem o policial aposentado se refere como protegido.

O ex-assessor é pivô da investigação contra Flávio, conduzida pelo MP do Rio. Os promotores do Grupo de Atuação ao Combate à Corrupção (Gaecc) investigam as práticas lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa no gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro no período em que foi deputado estadual.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES