Sábado, agosto 13, 2022

Dor, espera, revolta: o drama dos pacientes em meio à crise da saúde no Rio

Hospitais sucateados, falta de médicos e medicamentos e longas esperas, que acabam agravando quadros clínicos, são alguns dos problemas enfrentados por quem depende da saúde pública no Rio.

Em meio à grave crise na saúde que atinge o Rio de Janeiro, enquanto o poder público estuda alternativas para colocar em dia os salários atrasados de médicos e funcionários, muitos pacientes sofrem com a falta de atendimento médico.

São muitos os que precisam de assistência e enfrentam, há meses, a situação crítica vivida pela saúde em clínicas e hospitais da cidade. O panorama é mais crítico na capital, mas, sobrecarregados, os hospitais estaduais e os outros municipais do estado muitas vezes também são problemáticos.

As filas são longas, faltam médicos, funcionários, equipamentos, medicamentos e estrutura nas unidades.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES