Domingo, agosto 14, 2022

Dimas vai a Porto Alegre conhecer escolas com gestão público-privada e deve implantar 2 unidades em Araguaína

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (Podemos), visitou Porto Alegre (RS) na quinta, 9, e sexta-feira, 10, para o conhecer escolas modelos em gestão público-privada que estão fazendo sucesso na capital gaúcha. À Coluna do CT, Dimas disse que pretende implantar um piloto em uma escola de Araguaína.

Charters Schools

Ele contou que nos Estados Unidos diversos Estados e municípios têm mudado ou ofertado educação pública através de parcerias com instituições privadas. Lá são chamadas de Charters Schools.

Encontro de Líderes

No 11º Encontro de Líderes, em São Paulo,  promovido em outubro pela Comunitas de Líderes, o prefeito assistiu uma palestra com apresentação desta experiência pelo americano David Osborne. “Achei extremamente interessante e resolvi correr para fazermos um piloto aqui”, disse Dimas.

Extremamente positiva

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior (PSDB), implantou o modelo no ano passado e foi o que levou o prefeito de Araguaína até lá para ver como está o andamento da experiência. “A experiência que Porto Alegre de implantação de escolas em parceria com instituições privadas sem fins lucrativos é extremamente positiva. Isso tem possibilitado a implantação de metodologias inovadoras”, constatou.

Custo menor e mais qualidade

O prefeito verificou que houve redução de custos com a melhoria da qualidade ofertada na educação das crianças. “Ou seja, é uma otimização  dos recursos públicos. Partindo desse princípio nós vamos modificar os convênios que temos hoje com algumas instituições ligadas principalmente à Igreja Católica”, antecipou à Coluna do CT.

Conversas em andamento

Segundo ele, a prefeitura já irá buscar instituições sem fins lucrativos que atuem na educação e que sejam reconhecidamente de ponta, como o Santa Cruz e o Adventista, para gerenciarem duas unidades escolares públicas que serão o nosso projeto piloto. “Nosso teste, para que no futuro novas unidades implementadas nesse novo modelo educacional. Escolas da comunidade, públicas e gratuitas, com gerenciamento de instituições privadas”, afirmou. Dimas revelou que já está em andamento com conversas com algumas instituições.

Em bairros mais carentes

O prefeito ainda disse que está está definindo as escolas serão piloto da experiência araguainense. Mas adiantou que quer o modelo em bairros mais carentes.

Escola privada, mas gratuita para a comunidade

Nessa experiência, a instituição tem autonomia plena e recebe do município por aluno. “É uma escola privada, mas gratuita para a comunidade”, disse Dimas.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES