Quinta-feira, agosto 11, 2022

Casos de dengue, chikungunya e zika crescem no Rio; 2019 é o pior dos últimos 3 anos

Doenças também tiveram crescimento de 216%, 254% e 76%, respectivamente, de 2018 para 2019.

O número de pessoas com dengue, zika e chikungunya no Rio de Janeiro em 2019 é o maior desde 2016, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde.

Em comparação com 2018, o município teve em 2019 (veja a evolução no gráfico abaixo):

  • aumento de 216% no número de casos de dengue;
  • crescimento de 76% nos casos de zika;
  • aumento de 254% nos casos de chikungunya.

O levantamento considera a última atualização pela Superintendência de Vigilância em Saúde do Rio, em 18 de dezembro. O órgão é ligado à pasta da Saúde do município.

- Publicidade -- Publicidade -
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

POPULARES