Bolsonaro suspeita que general vazou documentos confidenciais

0
62
"O presidente Jair Bolsonaro.| Foto: Marcos Corrêa/PR"

O presidente Jair Bolsonaro teria culpado o general Maynard Marques de Santa Rosa, que pediu demissão da Secretaria de Assuntos Estratégicos do Planalto na segunda-feira (4), pelo vazamento à imprensa de documentos da “agenda estratégica” do governo na região da Amazônia, e classificados como confidenciais. A informação foi divulgada pelo jornalista Igor Gadelha, da Crusoé, que falou com auxiliares próximos a Bolsonaro.

Os vazamentos ocorreram em setembro e, segundo Gadelha, Bolsonaro teria determinado que o ministro Jorge Antônio de Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência, articulasse a saída de Santa Rosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui